PROJETO OPORTUNIDADES ESPECIAIS, ASSISTA E CONHEÇA!

Como entrevistar uma Pessoa com Deficiência Intelectual

Este mês continuaremos a falar sobre "Entrevistas para Pessoas com Deficiência" e a categoria que iremos abordar é a deficiência intelectual (DI). Comprovadamente é aquela que menos tem chances no mercado de trabalho. Um dos motivos apontados é a ideia de que Pessoas com DI têm a idade mental similar a de uma criança e, por isso, são inaptos ao trabalho.

Por isso, os primeiros pontos a serem desmistificados são: Eles podem desenvolver tarefas laborais. Não há como definir um único perfil para pessoa com deficiência intelectual. Características como: Carinhoso, delicado, bom..São possibilidades, mas não regras.

Visando auxiliar, ainda que saibamos que não existe uma receita pronta, apresentamos dicas, que colaboram para o sucesso de um processo recrutamento de Pessoas com DI.

1.Não infantilize a pessoa.
omum e errado. Lembre-se você está contratando um profissional. Eles percebem o tratamento diferenciado, podendo se aproveitar disto para não se comportarem como adultos. Sim! Eles podem se comportar de maneira satisfatória em um ambiente laboral.

2.Faça perguntas curtas e objetivas.
Se precisar repita a pergunta. Não há problemas. Mas evite falar muito antes de formular o que você deseja saber.

3.Use palavras básicas.
O vocabulário das pessoas com DI pode não ser muito amplo. Não apenas devido a deficiência, mas a falta de estimulo que a pessoa pode ter sido submetida.

4.A parceria com a família pode colaborar para o sucesso do trabalho
É comum que a família da Pessoa com DI influencie na sua vida laboral, especialmente que tenha receios sobre a empregabilidade deste. Então, deixar claro para o responsável quais serão as funções que serão desempenhadas, que existe que uma equipe que acompanha em caso de problemas e que ele deve evitar totalmente visitas no horário de trabalho, pois isso pode descaracterizar, aos olhos do funcionário com DI, o ambiente profissional. Deixe-o sempre a vontade para, em caso de dúvidas, contatar o RH

5.Entreviste a Pessoa e fale diretamente com ela
O fato de ser importante se comunicar com a família, não significa substituí-la pelo candidato. Pois, ele será o seu profissional, por isso, é preciso conhecê-lo.

6.Busque informações sobre autonomia de Higiene.
Pergunte sobre autonomia para o uso do banheiro e horários de medicação. Infelizmente, é comum que as escolas auxiliem nas tarefas relacionadas a higiene sem, algumas vezes, incentivar a autonomia.

compartilhe no facebook